5 cuidados ao optar pelas pílulas de conhecimento

Diariamente as empresas produzem e operam baseadas em um amplo conjunto de conhecimentos: pode ser uma compreensão mercadológica sobre as necessidades de seus clientes, um entendimento profundo e estratégico sobre seu ambiente de negócios ou as habilidades e competências de seus funcionários, por exemplo – cada um destes conhecimentos gera informações que se transformam em um diferencial importante quando aplicados estrategicamente à operação.

Mas a forma como as empresas promovem, reúnem, compartilham e exploram este conhecimento nem sempre é homogênea – compreender as necessidades de suas equipes e trabalhar corretamente o processo de treinamento é fundamental para garantir que o conhecimento agregado seja realmente transformado em valor, em ações que garantam bons resultados e o sucesso dos objetivos corporativos.

Separamos a seguir 05 cuidados que sua empresa deve ter no momento de estabelecer se as pílulas de conhecimento são ou não o melhor caminho:

  • Compreenda que as pílulas de conhecimento podem não ser suficientes quando se objetiva desenvolver habilidades complexas ou avançadas;
  • Pense na fragmentação do conhecimento garantindo continuidade e encadeamento dos temas;
  • Conheça bem o público-alvo para determinar o melhor formato e a linguagem mais recomendada para garantir elevado engajamento e eficácia;
  • Organize-as dentro de trilhas de aprendizagem e promova uma mensuração constante da aprendizagem (testes, feedbacks e KPIs);
  • Identifique se o seu público-alvo possui limitações tecnológicas de qualquer tipo e a frequência de atualização que as pílulas sofrerão ao longo do tempo (o quanto o conhecimento a ser abordado é perecível).

Com base no público-alvo do seu treinamento, pense no modelo de distribuição desse conteúdo. Qual o melhor meio para entregar esse conteúdo aos colaboradores. Pensando neste desafio, perguntamos ao mercado como esse conteúdo tem sido distribuído. Veja a resposta:

É importante destacar a relevância da soma percentual do YouTube, Whatsapp e Redes Sociais (61%) no resultado acima. Isso demonstra a tendência do crescimento do compartilhamento informal do conhecimento.

Equipe Clarity Solutions

O que as empresas perdem por não ter um processo de integração estruturado

Uma integração bem pensada exige compromisso e entrega, mas os resultados obtidos compensam e muito estes esforços – uma empresa que entrega a seus colaboradores um programa correto de treinamento e boas-vindas promove pequenas revoluções individuais que conduzem a desempenhos ainda melhores de suas equipes, que por sua vez levam a operação como um todo para novos patamares de produtividade, eficiência e lucratividade.

Mas os resultados corporativos também são impactados pela ausência de um processo de integração estruturado: uma empresa que não investe na integração abre espaço para diversos problemas recorrentes em sua operação, enfrentando e acumulando prejuízos e perdas constantemente. A seguir, listamos 6 perdas importantes que afetam o planejamento de uma empresa e impactam diretamente a busca por seus objetivos estratégicos. Vamos conferir?

  1. Tempo
  2. Crescimento dos negócios
  3. Retenção de talentos
  4. Produtividade
  5. Comunicação
  6. Liderança

Segundo pesquisa aplicada pela Clarity Solutions durante o mês de outubro, 57% das organizações ainda possuem um processo de integração 100% presencial. Em muitos casos, esse modelo pode ser substituído totalmente ou em parte pela modalidade on-line, encurtando o tempo em que o colaborador está fora do posto de trabalho e melhorando sua performance. Veja o gráfico:

Você pode baixar o resultado completo da pesquisa clicando aqui.

Existem inúmeros motivos pelos quais sua empresa não pode abrir mão de um relacionamento duradouro com seus funcionários – os 06 que listamos acima são apenas a ponta do iceberg. Lembre-se que seus colaboradores são ativos muito importantes para sua operação ser bem sucedida e que uma das melhores estratégias para vencer os obstáculos do dia a dia é investir no treinamento e na integração de seu time, especialmente no caso de novos colaboradores. Ao promovermos um aprendizado rápido e objetivo criamos um futuro onde a valorização do conhecimento, da aprendizagem e da cultura corporativa serão as bases do desempenho de suas equipes.

Equipe Clarity Solutions

Seis Perguntas Chave sobre Gamificação para Karl Kapp

 

6_perguntas_gamificationDurante a última edição do evento DevLearn realizado em Las Vegas, o autor, professor e especialista em Gamificação Karl Kapp respondeu a algumas perguntas sobre as tendências de aplicação desta estratégia como uma prática inovadora no ambiente organizacional. A conversa tratou inclusive das razões pelas quais as empresas deveriam investir em Gamificação e sugestões sobre como o tema deveria ser tratado junto aos executivos.

Segue reprodução das perguntas e respostas:

  1. Quais são as mais recentes tendências na Gamificação?

A diversificação de metodologias distintas para a aplicação de soluções gamificadas – existem fornecedores que oferecem a aprendizagem com abordagem lúdica, alguns o vem fazendo com repetição e espaçamento de tempo, e alguns promovendo algum tipo de competição, com emblemas, pontos, etc. Cada estratégia adiciona valor à organização de uma forma diferente.

  1. Porque a área de RH/Treinamento deveria investir em Gamificação?

Trata-se realmente de uma ferramenta eficaz para moldar o comportamento das pessoas. Esse é o principal motivo pelo qual o tema deveria estar no radar da maioria dos gestores de recursos humanos.

  1. Como que um gestor de recursos humanos deveria vender a ideia de Gamificação para os executivos da organização?

O maior mito em relação à Gamificação é que ela trata de jogar, mas a realidade é que ela consiste em usar elementos de jogos para engajar pessoas. A melhor maneira de “vender” a Gamificação é falar sobre o alto grau de engajamento que ela pode gerar. Um segundo ponto a se destacar são todos os casos de sucesso já existentes. E finalmente, olhar para os significativos resultados em termos de segurança, retenção de colaboradores e diferenciação na abordagem junto aos clientes.

  1. Quais são as mais comuns armadilhas ao aplicar a Gamificação?

Certamente é não implantar a Gamificação corretamente. Frequentemente as pessoas possuem uma visão de que Gamificação consiste em usar pontos, emblemas e placares de líderes. Na prática, tais fatores externos de motivação duram pouco tempo. É necessário combinar e promover as motivações extrínsecas e intrínsecas dentro do mesmo conceito de engajamento.

  1. Existem pesquisas e teorias que suportam a Gamificação?

O assunto é relativamente novo, então ainda não existe muita pesquisa. Entretanto, as pesquisas já realizadas apontam que a Gamificação tem um impacto de longo prazo. É perceptível que mesmo até depois de três anos as pessoas continuam envolvidas ou conectadas com alguma iniciativa de Gamificação da qual tenham participado.

  1. O que você acha da questão “a Gamificação não trata somente de diversão?”

Penso que o termo Gamificação provoca mesmo algum tipo de confusão. A Gamificação não trata de diversão. Eu costumo dizer: se quisermos dar diversão às pessoas, vamos dar a elas um dia de folga. Se nós realmente queremos ter pessoas engajadas, vamos utilizar elementos que conhecidamente engajam as pessoas quando elas estão jogando, e incorporá-los às metodologias e desenhos de soluções que nós aplicamos para entregar conhecimento e desenvolver pessoas.

Fonte: Learning Solutions Magazine – Six Key Executive Gamification Questions for Karl Kapp

Equipe Clarity Solutions

Conheça as soluções da Clarity Solutions para a implementação da Gamificação.

Acesse: www.claritysolutions.com.br

 

O Uso de Vídeos Animados para Aprendizagem

 

São várias as razões para o vídeo ser um formato tão efetivo quando se deseja transmitir alguma informação ou conhecimento. Em primeiro lugar o vídeo oferece um atrativo visual que atinge em cheio o nosso cérebro. Além disso, a maioria das pessoas cresce assistindo vídeos (seja na televisão ou na Internet) desde muito pequenas.

Trata-se de um formato de fácil assimilação e que atrai naturalmente as pessoas, o que explica como o YouTube se transformou no que é hoje, sendo o Brasil o segundo país no mundo em consumo de vídeos do portal.

A adoção do vídeo como um formato preferencial para promover ações de aprendizagem vem crescendo consideravelmente nos últimos anos não só pelas razões acima, mas também pela redução dos custos de produção e pelas facilidades que o vídeo oferece inclusive para rodar em dispositivos diversos, principalmente os móveis.

Uma das opções mais adotadas atualmente são os vídeos animados que se baseiam em animações, imagens, ilustrações, desenhos e podem envolver também a participação de pessoas. Normalmente incluem recursos de áudio (locução, música e efeitos sonoros) e permitem uma enorme variação de estilos visuais e estratégias de comunicação.

Confira no vídeo abaixo alguns exemplos de vídeos produzidos neste formato e voltados para ações de aprendizagem:

O desenvolvimento de um vídeo animado envolve o levantamento de informações, a roteirização e a produção com a utilização dos elementos audiovisuais previamente definidos.

A Clarity Solutions possui uma equipe especializada que produz anualmente centenas de horas de treinamento on-line, sendo o formato de vídeo animado uma de suas especialidades.

Equipe Clarity Solutions

Conheça as soluções da Clarity Solutions para a produção de vídeos animados e outros tipos de objetos de aprendizagem para o e-Learning.

Acesse: www.claritysolutions.com.br

 

Você pratica o autodesenvolvimento?

 

Uma das virtudes mais importantes para uma pessoa nos dias atuais é a sua capacidade de planejar e conduzir o seu próprio crescimento profissional, por meio de decisões adequadas e que sejam capazes de levá-la na direção desejada.

autodesenvolvimento

 

O autodesenvolvimento trata exatamente do compromisso que uma pessoa assume para pensar e agir por si mesma. Isso significa buscar novos conhecimentos, melhorar hábitos e adquirir competências capazes de pavimentar esse caminho.

É importante lembrar que o autodesenvolvimento deve ser um processo contínuo e que o indivíduo deve ter uma visão clara sobre os seus objetivos e estar sempre atento às oportunidades que se apresentarem ao seu redor.

O autodesenvolvimento não deve ser confundido com a gestão da própria carreira, pois na prática o autodesenvolvimento é algo muito mais amplo. Existem algumas etapas fundamentais para aplicar eficazmente o autodesenvolvimento:

  1. Realizar uma autoanálise constante, considerando as mudanças constantes do mundo em que vivemos e revisando os objetivos e sonhos anteriormente traçados.
  2. Manter contato com pessoas próximas e de confiança para obtenção de feedback e trocar ideias. Isso pode garantir uma visão mais completa a respeito de si mesmo, para gerar novas reflexões ou confirmar percepções.
  3. Definir objetivos, validar se são factíveis e analisar o que é necessário fazer para atingi-los.
  4. Agir para alcançar os objetivos. Somente a intenção não vai garantir o alcance dos objetivos. É necessário manter o foco nas ações e perseverar.

Uma característica essencial do autodesenvolvimento é a força intrínseca que o indivíduo deve desenvolver e demonstrar para se motivar a estudar, descobrir e explorar novos conhecimentos e experiências. Estamos tratando aqui de uma força natural e não de uma motivação provocada exclusivamente por fatores externos, tais como obrigações de diferentes tipos.

Essa mudança pode se mostrar mais difícil para algumas pessoas, muitas vezes porque os sonhos ou objetivos traçados podem se apresentar bem distantes ou difíceis, o que rapidamente gera desmotivação. Na prática, pequenas vitórias podem facilitar a trajetória até objetivos maiores, portanto, ter consciência da necessidade de dar um passo de cada vez é muito importante. Aos poucos isso se torna um hábito, pois os resultados de cada pequena vitória funcionam como combustível para gerar mais motivação e buscar outras conquistas.

Estamos falando de uma mudança de visão e de hábitos e não existe outra maneira de incutir o autodesenvolvimento no comportamento de um indivíduo se não por meio de disciplina e prática. É necessário começar, exercitar, acertar, errar, analisar, aprimorar e recomeçar. Trata-se de um ciclo de crescimento.

Além de disciplina e vontade é fundamental tomar decisões corretas e assumir objetivos que sejam capazes de gerar impacto positivo e significativo para o indivíduo. Aqui estamos dizendo que não basta seguir uma postura de “aprender por aprender”. Existem momentos em que é necessário fazer escolhas alinhadas ao que queremos ser (ou nos tornar), sem deixar de lado os objetivos que foram traçados. As decisões corretas correspondem a posicionar os nossos esforços, tempo e recursos na direção dos objetivos que queremos alcançar.

Os resultados serão mais significativos e duradouros para um indivíduo se houver equilíbrio entre a realização profissional e pessoal, o que nem sempre acontece. É comum encontrar casos em que a realização pessoal é relegada completamente para a busca do sucesso profissional.

Quando nossos objetivos são alcançados e garantem a nossa realização nas dimensões pessoal e profissional passa a existir um equilíbrio que nos fortalece para almejar objetivos maiores. Quando existe algum desequilíbrio, uma dimensão tende a afetar a outra, o que pode gerar conflitos.

Outro aspecto importante é a inteligência emocional, que traduz como nos comportamos quando somos bem sucedidos ou quando fracassamos. Quando vencemos, como lidamos com o sucesso? Ele nos afeta, muda o nosso comportamento ou o modo de lidar com outras pessoas? E quando perdemos? Como enfrentamos o insucesso? Temos maturidade para aprender em ambas as situações?

Para apoiar as organizações que desejam promover os conceitos e as boas práticas do autodesenvolvimento para os seus colaboradores, a Clarity Solutions desenvolveu o curso on-line Autodesenvolvimento. Esse treinamento está disponível para ser adquirido por empresas e possui carga horária de 45 minutos. Se sua organização necessita difundir os conhecimentos sobre autodesenvolvimento clique aqui e obtenha mais informações com a nossa equipe de atendimento.

Equipe Clarity Solutions

Conheça as soluções da Clarity Solutions para a implementação do e-Learning.

Acesse: www.claritysolutions.com.br