A importância dos vídeos para a EAD

EAD

Durante o processo de aprendizagem podemos absorver as informações a partir de diversos estímulos: elementos visuais, auditivos, escritos e cinestésicos enriquecem a experiência educacional e quando combinados em uma única estratégia geram um enorme impacto positivo no aprendizado e desenvolvimento de seus alunos.

Como conseguir este efeito? Através do v-learning!

No universo EAD o vídeo se tornou um elemento essencial para o processo de aprendizagem. Seja pelo seu caráter objetivo e prático, seja pela sua capacidade de entregar conteúdos complexos de forma didática, o vídeo adiciona inúmeros benefícios para alunos de cursos de educação à distância, como por exemplo:

  • Ao provocar uma ampla troca de ideias entre estudantes, educadores e especialistas que possuem pontos de vista e experiências diferentes, enriquecendo o debate dentro e fora do ambiente online;
  • Ao combinar diversos estilos e elementos de aprendizagem para potencializar a retenção do conteúdo apresentado aos alunos;
  • Ao garantir um aprendizado personalizado e acessível ideal para gerar mais engajamento e automotivação em seus alunos.

Os vídeos interativos e as videoaulas impactam positivamente tanto os alunos que se beneficiam delas quanto as escolas e universidades que oferecem cursos na modalidade EAD e buscam pelas melhores estratégias para seus cursos e treinamentos. Separamos a seguir 07 aspectos importantes do vídeo aplicado à educação a distância, confira!

São fáceis de integrar ao seu LMS

Adicionar vídeos ao seu curso EAD é uma tarefa fácil, devido à variedade de ferramentas de criação e sistemas de gerenciamento de aprendizagem existentes. Através de um LMS acadêmico é possível estabelecer uma biblioteca de vídeos para compartilhamento e download, ampliando o alcance das informações fornecidas por suas videoaulas.

São ideais para a aprendizagem móvel

Uma vez integrados ao seu LMS, os vídeos poderão ser acessados e visualizados por seus alunos a qualquer hora, em qualquer lugar, através dos mais diversos dispositivos eletrônicos. Esta mobilidade é fundamental para que seus alunos desenvolvam seu próprio percurso de aprendizado e se sintam conectados ao conteúdo.

Capturam a atenção dos alunos com facilidade

Um desafio antigo enfrentado pela maioria dos designers instrucionais é o engajamento dos alunos. A EAD oferece uma liberdade muito importante para seus alunos, mas ao mesmo tempo exige automotivação e disciplina, o que nem sempre é fácil de entregar se as únicas ferramentas disponíveis são longos e cansativos textos e/ou atividades escritas. O vídeo permite moldar o conteúdo de forma mais atraente e divertida, com criatividade e técnicas que resultam em maior retenção e engajamento ao processo de aprendizado.

Promovem o compartilhamento e a colaboração

Vídeos interativos, interessantes e relevantes são exatamente o tipo de conteúdo que seus alunos adorariam explorar e compartilhar. No ambiente EAD o compartilhamento é um aspecto importante para a interação social, e a colaboração e troca de informações entre alunos (e também entre eles e seus professores) é peça chave para gerar naturalmente novos conhecimentos e habilidades.

Aceleram o aprendizado

Os vídeos animados e/ou interativos são aliados importantes na construção de um aprendizado mais objetivo, específico e ágil. Ao segmentar os temas em módulos breves e sucintos (pílulas) é possível gerar uma compreensão mais rápida e prática sobre os principais temas de um curso, acelerando o processo de aprendizagem e garantindo um maior nível de engajamento dos alunos.

Aumentam a compreensão de conceitos complexos

Certos assuntos podem ser difíceis de explicar, mas as videoaulas podem ilustrar de forma muito mais simples e didática diversos conceitos e procedimentos abstratos e complexos que seriam difíceis de abordar de outra maneira. Os vídeos ajudam os alunos a compreender e reter conhecimentos mais facilmente – a demonstração visual de exemplos e conceitos é a maneira mais eficaz de transmitir o conhecimento.

São aliados importantes do storytelling

Contar histórias é parte da natureza humana: dentro do ambiente educacional o storytelling é importante não apenas porque tem o poder de motivar, engajar e aprimorar o desempenho de seus alunos, mas principalmente porque ao irmos além do tradicional “começo, meio e fim” podemos provocar mudanças comportamentais duradouras em todos os estudantes. O vídeo é um excelente facilitador neste ponto, pois nos permite apresentar personagens e interações que conduzirão os alunos pela jornada de transformação proposta pela narrativa, os conectando a uma experiência mais pessoal e profunda de aprendizado.

O aprendizado visual combina diversos estímulos e elementos educacionais para proporcionar novos conhecimentos e habilidades de forma viva e atrativa, estimulando o interesse dos alunos enquanto enriquece a experiência pessoal de aprendizado – aproveite este potencial e transforme os resultados de aprendizagem dos seus cursos!

 

Equipe Clarity Solutions

 

Produção de vídeos: 9 passos fundamentais para o sucesso de seu treinamento

Apesar do fácil acesso à tecnologia nos dar a impressão de que realizar uma gravação é algo simples, nunca sabemos o que acontece por trás das câmeras – a parte mais importante do fluxo de produção de um vídeo é aquela que acontece muito antes da gravação começar: é na pré-produção, na fase de planejamento e logística, quando todos os objetivos e expectativas são tratados para serem refletidos no produto final.

Um projeto de vídeos educacionais pode apresentar alguns obstáculos inesperados e contratempos se não contar com um planejamento eficiente e um suporte técnico adequado – pensando neste desafio, preparamos um passo a passo simples e direto sobre o processo ideal de produção de vídeos. Pronto? Vamos lá!

  1. Objetivos: antes de tudo é preciso definir e repassar os objetivos definidos para o treinamento. O que sua organização deseja alcançar com esta ação? Qual é a mensagem que deseja transmitir? O foco do conteúdo é mais amplo ou mais restrito? Qual é a missão dos vídeos dentro do contexto geral de capacitação?
  2. Audiência: para criar conteúdos que atraiam e envolvam seus alunos precisamos saber com clareza quem são estas pessoas. Não foque em questões demográficas simples, mas explore questões mais profundas sobre seus profissionais: quais são seus problemas mais comuns relacionados ao tema? Onde e como costumam buscar por informações e ajuda? Com quais mídias eles realmente se conectam?
  3. Roteiro: o objetivo principal de um bom roteiro é desenvolver o conteúdo de seu treinamento de forma criativa, transmitindo a mensagem principal e endereçando todas as informações necessárias para a boa execução do projeto. O roteiro deve ser simples e de fácil entendimento, envolvente, interessante, emotivo (dependendo do tema) e também deve considerar detalhes práticos sobre locações, contratações (atores/apresentadores), adereços, cenários e ações.
  4. Planejamento de pré-produção: é hora de revisar o que foi produzido até o momento e organizar e planejar a etapa de gravação. Nesta fase são considerados todos os aspectos práticos (reunião de equipes, atores, apresentadores, maquiagem, figurinos) e técnicos (equipamentos, câmeras, baterias, licenças, autorizações) do projeto e também são definidos os horários e locais de gravação, além de planos de contingências para eventuais contratempos.
  5. Produção: chegamos ao grande dia! Agora é a hora de por à prova todo o trabalho realizado até aqui. Por conta da preparação realizada antes da filmagem a condução da gravação provavelmente será bem tranquila. – o maior desafio é manter todos calmos e relaxados para garantir naturalidade. A equipe de filmagem também garantirá a produção de imagens extras para cobrir e assegurar a edição final e para permitir alterações caso sejam necessárias.
  6. Edição: agora que as filmagens terminaram chegou o momento de começar a edição do material bruto. Boas edições seguem as orientações fornecidas pelo roteiro, criam interações que transmitem os objetivos traçados para o conteúdo e propõem cortes visualmente atraentes, que conduzem a audiência através das experiências propostas para o treinamento.
  7. Pós-produção: é neste momento que a magia acontece! Após os primeiros cortes na mesa de edição temos em mãos um material que ainda não explorou todo seu potencial – com a adição de efeitos especiais, animações e trilha sonora nós unimos todas as peças que finalmente transformarão a gravação realizada no vídeo educacional especialmente produzido para o seu público.
  8. Distribuição: chegou a hora de entregar esta nova experiência de aprendizado aos seus profissionais. Mesmo os vídeos educacionais precisam de uma estratégia de divulgação ou distribuição para alcançar corretamente seu público-alvo. Podemos começar definindo um título atraente, um calendário de divulgação e reforço, os meios em que estarão disponiveis ou como se dará a integração e a divulgação através de um LMS, por exemplo.
  9. Métricas e resultados: um dos grandes diferenciais dos treinamentos em e-Learning é a capacidade gerencial dos sistemas de treinamento. Certifique-se que sua empresa pode acompanhar o desempenho dos alunos ao longo do treinamento, da quantidade de visualizações ao nível de engajamento de seus colaboradores, passando pela efetividade da mensagem e do conteúdo. Este é um aspecto vital para o constante aprimoramento da experiencia de aprendizado de seus alunos!

A produção de vídeos vai muito além do “play” – da definição dos objetivos à mensuração de resultados, este é um caminho extremamente rico e interessante que merece ser explorado com cuidado para extrairmos o melhor de nossos recursos enquanto geramos materiais valiosos para o aprendizado corporativo!

 

Equipe Clarity Solutions

Vídeos educacionais: 10 aplicações efetivas que transformarão seu treinamento

Ao longo das últimas décadas a sala de aula passou por diversas mudanças: das classes tradicionais à modalidade baseada no e-Learning, passando pelas aulas invertidas, todos vivenciamos o impacto transformador da tecnologia no ensino e na aprendizagem, encorajando professores e alunos a explorar a educação de forma mais moderna, profunda e criativa.

As videoaulas e vídeos interativos são excelentes companheiros do processo de geração do conhecimento, mas o vídeo ainda é apenas um meio: são as estratégias de instrução e aprendizagem que o acompanham que fazem a diferença e garantem uma experiência de treinamento efetiva para seus alunos e os melhores resultados para sua organização.

Como introduzir efetivamente o vídeo na experiência de aprendizagem?

O vídeo é um meio atraente, capaz de acelerar a absorção do conhecimento. Dos diversos componentes tecnológicos envolvidos na experiência de aprendizagem, muitas vezes é o mais visível e o que gera mais impacto imediato – mas simplesmente apresentar informações através de um vídeo não nos conduz necessariamente a um treinamento bem sucedido ou à correta absorção do conhecimento. Antes da forma, precisamos pensar o conteúdo: a abordagem educacional e o design instrucional são elementos críticos para as organizações que buscam por engajamento, motivação e resultados!

Ao incorporar vídeos em seu treinamento, é importante considerar a carga cognitiva (ou, de forma bem resumida, a quantidade de informações que nossa memória consegue processar e armazenar com qualidade), os elementos que influenciam o engajamento (estratégias que ajudam a reter a atenção da audiência e a aumentar sua participação nas atividades) e as atividades que promovem a aprendizagem ativa (conteúdos, formatos e interações práticas).

10 aplicações efetivas que transformarão seu treinamento!

  • Aposte em vídeos breves, objetivos e direcionados: aproveite cada segundo para trabalhar dentro de seus objetivos de aprendizagem, evitando dispersão e construindo um relacionamento mais próximo com seus alunos;
  • Construa interações que provoquem a curiosidade de seus alunos e forneça experiências de valor, conectados com a realidade profissional de seu público-alvo;
  • Use elementos audiovisuais para destacar as partes mais importantes da apresentação, introduzindo pequenas informações condensadas para que sejam vistas como conteúdo complementar ao invés de informações redundantes;
  • Adote um estilo de fala levemente informal e entusiasmado para melhorar a compreensão e o engajamento;
  • Aposte em apresentações de estudos de casos, mas não restrinja a exploração apenas ao contexto de atuação de sua organização: falar sobre outros cenários ajuda seus alunos a obter novas impressões e a construir novas ideias;
  • Para promover um ambiente de aprendizagem aberto e colaborativo, faça de suas videoaulas um gatilho para a conversação, através de discussões guiadas pelo instrutor do treinamento;
  • Garanta que seus vídeos sejam vistos como materiais especiais, produzidos sob medida para seus alunos. Um dos maiores benefícios das videoaulas e dos vídeos interativos é sua capacidade de customização e adequação – aposte neste diferencial para construir conexões personalizadas para suas equipes;
  • Explore os diversos formatos de vídeo para permitir que diferentes perspectivas sejam ouvidas, ao invés de dar espaço a somente um único ponto de vista, enriquecendo o debate e a construção do conhecimento;
  • Adicione interações e contextos multimídias para ativar a participação dos alunos (perguntas de orientação, atividades presenciais paralelas, etc.): além de engajar seus profissionais na construção do aprendizado, são excelentes ferramentas para avaliar o nível de compreensão sobre o conteúdo apresentado e a evolução geral do treinamento;
  • Mantenha todos os vídeos arquivados em uma biblioteca de fácil acesso, para que seus profissionais possam rever o material quantas vezes precisarem, a qualquer hora e em qualquer lugar;

Investir na produção de vídeos educacionais é uma ótima estratégia para entregar uma experiência de aprendizado mais estimulante e efetiva – ao aliar conteúdo e forma aos objetivos educacionais e práticos do treinamento somos capazes de promover o conhecimento de forma profunda e duradoura!

 

Equipe Clarity Solutions

Vantagens e diferenciais do v-learning em treinamentos corporativos

Vivemos em um mundo cada vez mais rápido e dinâmico, repleto de inovações tecnológicas que nos conduziram a novas fronteiras do conhecimento – nossa sociedade nunca produziu tantas informações quanto hoje e o mundo nunca experimentou um período tão rico e promissor para o conhecimento. Todas as mudanças recentes que enfrentamos (tecnológicas e comportamentais) moldaram nossa realidade e nossas condutas de alguma forma: a democratização da tecnologia, a variedade cada vez maior de gadgets e aplicativos à nossa disposição, o avanço das redes sociais: o mundo nunca foi tão extenso, apesar de caber na palma de nossas mãos!

Este novo ambiente tecnológico e social exige de nós inteligência, preparo e flexibilidade, especialmente quando pensamos em como nos comunicar com nossos alunos em treinamentos corporativos – o universo e-Learning foi muito impactado e beneficiado pela recente explosão tecnológica e não podemos deixar de aproveitar estas oportunidades! Neste contexto, vamos começar com uma pergunta simples? O que parece mais interessante e promissor: passar horas lendo um manual de centenas de páginas ou assistir um vídeo dinâmico que aborde o mesmo conteúdo de forma prática, direta e até mesmo interativa? Definir uma estratégia de treinamento obviamente não é tão simples assim, mas esta pergunta pode nos ajudar a entender porque o vídeo aplicado à aprendizagem é uma das ferramentas mais utilizadas na educação corporativa.

Explore o potencial do v-learning no aprendizado de suas equipes

Conteúdos multimídia como as videoaulas e os vídeos interativos inspiram e engajam os alunos no processo de aprendizagem de diversas maneiras. Através de formatos e conteúdos criativos nós podemos:

  • Reter o conhecimento e promover oportunidades de aprendizado autênticas e conectadas com a realidade corporativa;
  • Estimular a curiosidade dos profissionais sobre o conteúdo dos treinamentos;
  • Desenvolver atividades aprimoradas que estimulam a autonomia do aluno e o trabalho em equipe;
  • Motivar estes alunos a participarem e se engajarem nas atividades propostas;
  • Promover uma aprendizagem mais frequente e contínua;
  • Apresentar de forma mais simples diferentes conceitos e conteúdos;
  • Introduzir cases e melhores práticas importantes para o desenvolvimento da produtividade de suas equipes;
  • Divulgar conteúdos complementares relevantes para a rotina de trabalho de seus profissionais;
  • Encorajar a comunicação e a troca de experiências;
  • Influenciar o ambiente corporativo;
  • Criar uma cultura de troca de ideias e valorização da comunicação;

03 grandes diferenciais do v-learning em treinamentos corporativos

Ajuda na construção do pensamento crítico e na solução de problemas

O vídeo learning apresenta ideias e conceitos de forma atraente e orgânica, oferecendo uma experiência de aprendizagem simples e prática que reduz a sobrecarga cognitiva e maximiza a retenção do aprendizado. Isso não só facilita o pensamento profundo e a compreensão de diferentes conteúdos, mas também ajuda o profissional a adquirir habilidades de resolução de problemas que são cruciais para um melhor desempenho no trabalho;

Compreensão + retenção = efetividade

Algumas ideias são mais fáceis de demonstrar do que explicar. O v-learning consegue apresentar conceitos complexos (e até mesmo abstratos) de forma simples e o próprio formato das videoaulas permite que os profissionais acessem seu conteúdo de forma imediata, repetindo e pausando quantas vezes for necessário, ampliando assim a compreensão teórica e a retenção prática do conhecimento.

Reduz o tempo e os custos de treinamento

Os vídeos são perfeitos para nossa cultura mobile: funcionam em diversos equipamentos, podem ser rapidamente distribuídos e compartilhados e permitem acesso a conteúdos específicos a qualquer momento. Estas características permitem um uso mais racional do tempo e também indicam outra qualidade importante deste formato: o baixo custo de produção, gravação e distribuição, graças às tecnologias disponíveis no mercado, cada vez mais acessíveis e abrangentes;

Uma das grandes vantagens do vídeo é a sua conexão natural com o ambiente atual: ele pode ser ágil, independente, interativo. Pode ser facilmente acessado, armazenado e compartilhado. É ainda uma plataforma que amplia os pontos de contato dos alunos com o conteúdo do treinamento e ajuda a fomentar novas conexões entre conteúdos, ideias e pessoas, garantindo melhores resultados e impactando positivamente o desenvolvimento de competências cruciais tanto para os objetivos corporativos quanto para o desenvolvimento pessoal e profissional de seus funcionários.

As vantagens que apontamos acima sugerem que os vídeos estarão cada vez mais presentes nas iniciativas de aprendizagem, e não é para menos: eles entregam flexibilidade, customização e personalização de conteúdo e podem ser formatados para os mais diversos tipos de audiência, auxiliando as organizações a investir com assertividade em seus projetos de treinamento!

Recomendamos a você a leitura de outros 2 artigos publicados no nosso blog e relacionados ao tema acima:

 

Equipe Clarity Solutions
clarity.com.br
relacionamento@clarity.com.br

05 formatos incríveis de vídeo para turbinar seu treinamento

Uma das estratégias favoritas de treinamento corporativo, o v-learning é um excelente aliado na construção de um treinamento inteligente e assertivo, fundamental para atingir os objetivos que sua organização busca! As videoaulas e vídeos interativos, por exemplo:

  • Tornam o aprendizado mais atraente e divertido;
  • Animações e ferramentas de interação tornam o conteúdo mais palpável e relevante;
  • Ilustram de forma clara as aplicações práticas dos conceitos e teorias apresentados pelo treinamento;
  • Ajudam os alunos a reter de forma mais efetiva as informações apresentadas;
  • São muito úteis para conferir habilidades interpessoais e comportamentais;
  • Ajudam a difundir a cultura corporativa e a promover o livre compartilhamento de conhecimento.

Mas quais os formatos mais indicados para potencializar seu treinamento? Selecionamos 05 ideias para ajudar seu time neste planejamento. Vamos conferir?

Palestras pré-gravadas

Um dos formatos mais comuns, este tipo de vídeo educacional é claramente reconhecido como uma transmissão extremamente didática do conhecimento, atendendo a objetivos bem claros a respeito de conceitos específicos. Normalmente são gravadas com especialistas reconhecidos em suas áreas de atuação e podem conter apresentações de slides para pontuar os assuntos e ideias principais.

Entrevistas

As entrevistas são fantásticas opções para treinamentos que querem focar na troca de ideias e na construção de um conhecimento plural com uma linguagem mais informal. Como elas permitem incluir pontos de vistas pessoais e profissionais dos entrevistados, é possível desenvolver uma entrevista mais filtrada (com perguntas previamente definidas); entre duas pessoas (com propósito mais exploratório); um painel com participação simultânea de vários (o que pode ampliar o debate e permitir ao aluno que use seu pensamento crítico para formar sua própria opinião), dentre outros.

Demonstrações

Os vídeos de demonstração possuem um caráter mais objetivo, uma vez que estão mais focados em abordar o que deve ser feito ao invés de explorar teorias e formulações conceituais. Eles são úteis onde o foco é a construção de habilidades específicas, como por exemplo na implantação de novos sistemas, operação de determinados maquinários de produção, manuais de regras de conduta, dentre outros. Este formato exige mais cuidado, tempo e preparo de produção, mas se bem desenhado é capaz de perdurar por anos dentro da operação corporativa.

Animações

Excelentes para abordar conceitos abstratos e demais fenômenos e processos que não são de outro modo exibidos, as animações sao compostas unicamente por sequências animadas, imagens e ilustrações. Fluxogramas, gráficos, animações estilizadas e demais interações digitais aumentam significativamente o foco e a compreensão do assunto, retendo a atenção dos alunos sobre tópicos que muitas vezes não seriam bem esclarecidos se abordados em outros formatos.

Encenações

As representações de papéis e situações e os vídeos de encenação são usados para simular e demonstrar determinadas práticas em situações que reproduzem o mundo real. Eles são úteis para modelar boas práticas e alertar sobre práticas inapropriadas, por exemplo, ou para tornar o conteúdo mais palpável e próximo da realidade de seu público alvo. Para conseguir o efeito desejado é preciso investir na produção do material, para evitar abordagens e atuações clichês e amadoras que não farão nada pelo seu treinamento além de distrair seus alunos ou tornar o vídeo conhecido pelos motivos errados.

Se sua organização quer encorajar seus profissionais a participarem de forma mais ativa de seus treinamentos, aposte na construção de videoaulas e vídeos interativos – estas ferramentas ajudarão a compor seu portfólio de atividades entregando uma maior compreensão sobre conteúdos importantes para a performance de suas equipes e uma retenção mais significativa do aprendizado!

Sugerimos a você a leitura de outros dois artigos relacionados:

 

Equipe Clarity Solutions