5 cuidados ao optar pelas pílulas de conhecimento

Diariamente as empresas produzem e operam baseadas em um amplo conjunto de conhecimentos: pode ser uma compreensão mercadológica sobre as necessidades de seus clientes, um entendimento profundo e estratégico sobre seu ambiente de negócios ou as habilidades e competências de seus funcionários, por exemplo – cada um destes conhecimentos gera informações que se transformam em um diferencial importante quando aplicados estrategicamente à operação.

Mas a forma como as empresas promovem, reúnem, compartilham e exploram este conhecimento nem sempre é homogênea – compreender as necessidades de suas equipes e trabalhar corretamente o processo de treinamento é fundamental para garantir que o conhecimento agregado seja realmente transformado em valor, em ações que garantam bons resultados e o sucesso dos objetivos corporativos.

Separamos a seguir 05 cuidados que sua empresa deve ter no momento de estabelecer se as pílulas de conhecimento são ou não o melhor caminho:

  • Compreenda que as pílulas de conhecimento podem não ser suficientes quando se objetiva desenvolver habilidades complexas ou avançadas;
  • Pense na fragmentação do conhecimento garantindo continuidade e encadeamento dos temas;
  • Conheça bem o público-alvo para determinar o melhor formato e a linguagem mais recomendada para garantir elevado engajamento e eficácia;
  • Organize-as dentro de trilhas de aprendizagem e promova uma mensuração constante da aprendizagem (testes, feedbacks e KPIs);
  • Identifique se o seu público-alvo possui limitações tecnológicas de qualquer tipo e a frequência de atualização que as pílulas sofrerão ao longo do tempo (o quanto o conhecimento a ser abordado é perecível).

Com base no público-alvo do seu treinamento, pense no modelo de distribuição desse conteúdo. Qual o melhor meio para entregar esse conteúdo aos colaboradores. Pensando neste desafio, perguntamos ao mercado como esse conteúdo tem sido distribuído. Veja a resposta:

É importante destacar a relevância da soma percentual do YouTube, Whatsapp e Redes Sociais (61%) no resultado acima. Isso demonstra a tendência do crescimento do compartilhamento informal do conhecimento.

Equipe Clarity Solutions

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *