Vídeo Interativo, aqui o final você decide!

Assistindo a um filme em sua Smart TV, controle remoto na mão e de repente, o personagem principal do filme olha para a câmera e dirige a palavra a você: “E agora, você quer que eu pegue o carro esporte ou a motocicleta, para tentar chegar ao meu destino? – Para escolher, use seu controle remoto digitando a tecla 1 para o carro ou 2 para a motocicleta.”

Meio espantado e incrédulo você aperta a tecla 2. E o filme continua, com o protagonista subindo na motocicleta e partindo velozmente. A partir daí a história continua.

Muito bem, você está assistindo a um Vídeo Interativo (VI)!

O conceito é: um vídeo, que em um determinado momento dá a opção de escolha ao espectador, seguindo a partir daí de acordo com a decisão do mesmo.

Vamos imaginar um outro exemplo:

Em um treinamento de vendas online, realizado através de uma videoaula, que o aprendiz está assistindo em um computador, o instrutor faz uma pergunta, oferece três alternativas de respostas e complementa dizendo: “clique na resposta que julgar mais adequada.”.

De acordo com a resposta escolhida, o instrutor seguirá com um discurso mais adequado à mesma. Assim funciona um Vídeo Interativo.

Tem mais coisas interessantes usando VI:

Muitas pessoas já tiveram contato com essa tecnologia. A Netflix além de “Gato de Botas — Preso num Conto Épico” (disponível em português), entre outros títulos também apresentou “Blackmirror – Bandersnatch”, no qual em determinados pontos da história, o espectador pode escolher um caminho a ser seguido pelo protagonista e o restante da narrativa se desenrola de acordo com as escolhas realizadas.

Quando falamos em Vídeo Interativo, diversão e entretenimento são apenas algumas possibilidades de aplicação.

Além do exemplo que demos voltado para o treinamento do vendedor, as aplicações no meio corporativo podem ser muito ricas – imagine um treinamento para executivos, com árvores de decisões que podem levar uma empresa fictícia ao sucesso ou à falência, dependendo das decisões tomadas pelo treinando.

A Comunicação de Marketing também pode se valer de Vídeos Interativos, para promover produtos através de narrativas, que podem levar o consumidor a escolhas, que levam a cenas posteriores mostrando as consequências de cada opção. Por exemplo: a cliente escolhe um sabão em pó genérico e teremos alguém lavando uma roupa, na cena seguinte e obtendo um resultado não satisfatório. Agora quando ela escolhe a marca do anunciante, teremos como conclusão a cena de uma pessoa feliz com o ótimo resultado obtido após a lavagem.

Bem, certamente você pode imaginar uma aplicação do Vídeo Interativo em sua área de trabalho. Mas se quiser conversar mais sobre VI, fale conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *